skip to Main Content
Central de atendimento (21) 3850-5900 (21) 2556-5541 (21) 2557-4038 (21) 2557-4731
Como Realizar A Coleta Do Líquor: Punção Liquórica

Como realizar a coleta do Líquor: Punção Liquórica

Dentre os procedimentos que realizamos, o mais utilizado é a punção lombar. Você sabe o que é uma punção?

  • Punção nada mais é do que perfurar um tecido vivo, com o objetivo de drenar fluídos e outros líquidos do corpo humano.


O Líquor pode ser coletado por diferentes vias de acesso, sendo mais utilizada a punção lombar, cujo acesso é mais seguro e menos invasivo.


A punção lombar é feita nas costas, na região lombar, com o paciente usualmente deitado em decúbito lateral utilizando agulha espinhal fina e descartável (Figura 1). Antes da perfuração, normalmente é realizada a administração de anestésico local (lidocaína).

Após a realização da anestesia local, o médico introduz a agulha espinhal lentamente através da pele até atingir o espaço liquórico. (Figura 2)

Neste momento, o LCR drena normalmente de forma espontânea através da agulha espinhal, podendo ser coletado em tubos adequados para análises posteriores. Durante a coleta do Líquor, é possível também realizar a medida da pressão liquórica com a utilização de raquimanômetros (Manometria). (Figura 3)

Em situações especiais, quando a punção lombar não é possível ser realizada (por exemplo, infecções ou cirurgias locais), o líquor pode ser coletado na região da nuca (punção cisternal ou sub-occipital) conforme orientação do médico assistente e indicação clínica. (Figura 4)


A dor que acompanha a punção lombar ou a punção cisternal é semelhante à sensação ocorrida na coleta de sangue.

Não é necessário procedimento de sedação/ anestesia geral, exceto em condições especiais para pacientes em ambiente hospitalar.

Autoria: Carlos Otávio Brandão – CRM: 5253534-3

Back To Top