Central de atendimento (21) 3850-5900 (21) 2556-5541 (21) 2557-4038 (21) 2557-4731
Como Evitar A Contaminação Por Doenças Respiratórias

Como evitar a contaminação por doenças respiratórias

Já falamos aqui no blog sobre como a chegada do outono e do inverno e o clima frio e seco favorecem o surgimento de doenças respiratórias.

Mas será que é possível prevenir o contágio dessas doenças?

A pandemia da COVID-19 tem mostrado que sim. Isso porque as medidas adotadas por grande parte da população – como o uso de máscaras, higiene frequente das mãos e o distanciamento social – têm reduzido a incidência de outros problemas comuns do período.

O número de ocorrências de síndromes respiratórias graves causadas pelo vírus sincicial respiratório (VSR), um dos mais comuns, caiu 76,4% entre janeiro e agosto do ano passado quando comparado à média dos últimos três anos nos mesmos meses.

Os casos de gripe também despencaram – uma redução de 62,2%. Os números são do sistema Infogripe, da Fiocruz.

Contra vírus e bactérias

Então, já temos aqui uma boa pista: o uso de máscara e higiene previne doenças respiratórias. Sim. Assim como o SARS-CoV-2, que provoca a COVID-19, é um vírus, muitos outros vírus causam doenças respiratórias – falamos com mais detalhes sobre eles aqui.

A máscara é eficaz porque funciona como uma barreira às vias respiratórias, principal canal de entrada dos vírus e bactérias do tipo. Já o uso de álcool em gel e água e sabão mata os vírus e bactérias que ficam nas mãos, que são frequentemente levadas ao rosto.

Outra forma de prevenir o contágio por vírus e bactérias é se manter hidratado. Isso evitar o ressecamento das vias aéreas e auxilia na produção do muco, barreira natural do organismo contra agentes infecciosos.

Da mesma forma, é necessário se alimentar bem. Manter uma alimentação rica em nutrientes ajuda a fortalecer o sistema imunológico. A vitamina C deve ser inserida na alimentação rotineira, pois ela é eficaz na prevenção de doenças respiratórias.

Respire corretamente e deixe o ar circular

Nessa mesma linha, também é recomendado sempre respirar pelo nariz. Parece óbvio, mas muitas vezes reações alérgicas (também comuns neste período) impedem que isso aconteça. Também respiramos mais pela boca ao realizar esforço ou atividades físicas.

Este cuidado é necessário porque o nariz é capaz de filtrar e aquecer o ar antes que ele chegue aos pulmões, algo que a boca não faz com a mesma eficácia.

Outra dica é manter ambientes arejados. Mesmo se estiver frio, é importante manter janelas abertas por um certo período para fazer o ar circular. Vírus e bactérias preferem ambientes fechados, e a circulação do ar evita sua concentração no ambiente.

 Fuja de pessoas doentes

O distanciamento ou isolamento social, tão falados em tempos de pandemia, também é eficaz contra outras doenças respiratórias. Isso porque a maioria dos vírus e bactérias são transmitidos pelo ar, já que micropartículas de saliva carregadas com os agentes infecciosos são expelidas através da fala, de espirros e da tosse.

Crises alérgicas

Quem também sofre com o tempo seco e a chegada do frio são os alérgicos. Isso porque a baixa umidade aumenta a concentração de poluentes e gases que irritam as vias aéreas.

Nesse sentido, evite se expor a fumaça e poeira, que podem não apenas causar alergias como agravar outros quadros respiratórios.

Faça o possível para manter tecidos limpos, como roupas de cama e de banho. Seque-os ao sol para eliminar ácaros e microrganismos. Pessoas com rinite devem evitar bichos de pelúcia, carpetes, tapetes e demais produtos com pelos, como cobertores.

Conheça o Painel Respiratório

Se mesmo com todas essas medidas você ainda desenvolver sintomas respiratórios, procure ajude médica. Além do diagnóstico clínico, hoje existe um exame capaz de identificar exatamente o agente causador do mal respiratório.

E ele está disponível no Neurolife. Trata-se do PCR Painel Respiratório, que identifica 24 vírus e bactérias de doenças respiratórias (inclusive o SARS-CoV-2). A coleta é realizada com swab nasofaríngeo e o resultado sai em até 24 horas.

Entre em contato para obter mais informações.

Back To Top