Central de atendimento (21) 3850-5900 (21) 2556-5541 (21) 2557-4038 (21) 2557-4731
Neurolife Inicia Pesquisa Sobre Incidência De Doenças Respiratórias

Neurolife inicia pesquisa sobre incidência de doenças respiratórias

O Neurolife, no Rio de Janeiro, conduz pelos próximos dois meses uma pesquisa inédita sobre a incidência de doenças respiratórias no Pronto Socorro do CHN (Centro Hospitalar de Niterói). Serão realizados testes em 150 pacientes com uso do Painel Respiratório, exame inovador oferecido pelo Neurolife que identifica 24 agentes causadores de problemas que atingem o sistema respiratório.

Serão avaliados tanto pacientes adultos quanto crianças. O objetivo “macro” da pesquisa é conhecer os principais agentes virais e bacterianos que levam os pacientes ao hospital, mas o estudo também vai, de forma prática, ajudar a equipe médica do CHN.

“Saber o agente infeccioso é muito importante, sobretudo em crianças, pois se temos a certeza de que é uma infecção viral, não se faz necessário o uso de antibióticos e geralmente nem de internação, o que reduz custos e otimiza o tratamento”, explica o médico Marcus Tullius Teixeira da Silva, pesquisador do Neurolife.

Como funciona

A coleta para o Painel Respiratório é feita através de um swab na narina e cavidade oral, de forma confortável para crianças. O método é similar ao utilizado no RT-PCR para identificação da COVID-19 – o Painel Respiratório, inclusive, é capaz de detectar o SARS-CoV-2 e suas variantes.

“O resultado será liberado em até 24hs, e os médicos de plantão terão acesso aos resultados”, explica Marcus Tullius.

O método utilizado é o XGEN MULTI PR FLOW CHIP (MOBIUS), composto por kits de diagnóstico in vitro para a detecção simultânea dos seguintes patógenos:

  1. Vírus Influenza A (FLuA)
  2. Vírus Influenza A – subtipo H3 (FluA-H3)
  3. Vírus Influenza A – subtipo H1N1 (FluA-H1N1)
  4. Vírus Influenza B (FluB)
  5. Adenovírus (AdV)
  6. Bocavírus (BoV)
  7. Coronavírus 229E (CoV229E)
  8. Coronavírus HKU-1 (CoV-HKU1)
  9. Coronavírus OC43 (CoV-OC43)
  10. Coronavírus NL63 (CoV-NL63)
  11. Coronavírus SARS (SARS)
  12. Coronavírus SARS-CoV-2 (CoV-2)
  13. Enterovírus (EV)
  14. Metapneumovírus (MPV)
  15. Vírus Parainfluenza 1 (PIV-1)
  16. Vírus Parainfluenza 2 (PIV-2)
  17. Vírus Parainfluenza 3 (PIV-3)
  18. Vírus Parainfluenza 4 (PIV-4)
  19. Vírus Sincicial Respiratório – subtipo A (RSV-A)
  20. Vírus Sincicial Respiratório – subtipo B (RSV-B)
  21. Rinovírus (RhV)
  22. Bordetella pertussis (BP)
  23. Bordetella parapertussis (BPP)
  24. Mycoplasma pneumoniae

Saiba mais sobre o Painel Respiratório

Há diversos agentes, entre vírus e bactérias, que causam problemas no trato respiratório. Com o PCR Painel Respiratório do Neurolife, é possível saber exatamente qual vírus ou bactéria está causando os sintomas no paciente. Ou seja: se o agente causador da infecção for identificado, as estratégias de prevenção aos contactantes e tratamento do paciente poderão ser elaboradas de forma específica e rápida.

As síndromes gripais têm diferentes etiologias, algumas delas com consequências graves aos pacientes. O diagnóstico assertivo e a rapidez fazem toda a diferença e é o melhor caminho para o sucesso no tratamento.

O diagnóstico precoce é o principal fator na assertividade e eficácia do tratamento, reduzindo a morbidade e mortalidade refletindo diretamente em menores custos médicos e hospitalares.

A utilização de ensaios moleculares, como é o caso do PCR Painel Respiratório do Neurolife, aumenta a sensibilidade e a especificidade diagnóstica, possibilitando fazê-lo em poucas horas e salvando vidas por possibilitar o tratamento específico precocemente.

A identificação correta orienta as medidas de precaução de contato de acordo com a virulência, o que se torna uma informação essencial para a gestão de leitos hospitalares, além de otimizar a gestão de recursos como medicamentos, EPIs e profissionais necessários.

Fale com o Neurolife

Entre em contato com nossa equipe ou acesse nossa biblioteca de conteúdo para mais informações.

Back To Top